segunda-feira, 24 de abril de 2017

A Bananeira de Tia Miséria
40ª produção da Encerrado para Obras
Estreia a 20 de Maio de 2017 em Penela

  
Sinopse

Tia Miséria vive só numa quinta isolada, no Baixo Alentejo, mas não vive completamente só, porque vive com a sua bananeira. Uma bananeira no Alentejo não dá bananas, mas a de Tia Miséria sim, porque é uma bananeira mágica.
Dois atores músicos reinventam o conto tradicional, a Figueira de Tia Miséria.
Um espetáculo que cruza os temas da vida e morte, da juventude e velhice, da riqueza e pobreza.

Duração: 50min
Público-alvo: todas as faixas etárias a partir dos 6 anos
Espetáculo adaptável a vários tipos de espaços
  Ficha técnica e artística

Dramaturgia, encenação e interpretação: Cláudia Santos e David Cruz
Canções e banda sonora original: David Cruz (à exceção de Banana Uê e Cola-Descola, duas melodias de Duo Ouro Negro)
Cartaz e imagem gráfica: ClauS
Fotografia e apoio à montagem: Amadeu Fernandes, Maria João Borges
Cenografia e figurinos: Cláudia Santos e David Cruz
Bananeira concebida por: Liliana Silva Gomes
Catana e cajado esculpidos por: Vítor Marques
Desenho e montagem de luz: David Cruz
Operação técnica de luz: Cláudia Santos, David Cruz
Produção executiva e colocação de espetáculos: Cláudia Santos e David Cruz
Parceria institucional: Município de Penela





© Encerrado Para Obras 2017

Sem comentários:

Enviar um comentário