quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017


Rouxinóis do Presépio
38ª produção da Encerrado para Obras
Estreia a 1 de Dezembro de 2016 no Castelo de Penela



Os multi-instrumentistas Cláudia Santos e David Cruz dão asas às suas belas vozes em versões inspiradas de canções de Natal originárias de Europa e Américas.






Canções do Ouro Azul

37ª produção da Encerrado para Obras

Dramaturgia, encenação, interpretação: David Cruz

Estreia a 29 de Julho de 2016 na Pampilhosa da Serra



Sinopse

Canções do Ouro Azul é um solo do ator/músico David Cruz.

Neste espetáculo que estabelece uma fusão entre a arte do contador de histórias e a do músico, o artista veste a pele de uma gotinha d´Água, a Pinguinha dos Milagres.

A Pinguinha dos Milagres conta-nos as suas aventuras pelos rios, mares, lagoas, fontes e nuvens do mundo inteiro. Esta história é pontuada por um conjunto de dez canções dedicadas ao tema da Água, versões de clássicos da música tradicional portuguesa, e da música popular de vários cantos do mundo, (Brasil, França e Estados-Unidos), e ainda dois temas originais.

O artista apresenta-se no formato de Homem-Orquestra, em que toca em simultâneo mais de uma dezena de instrumentos musicais.

Para além das canções tocadas em formato de Homem-Orquestra, o espetáculo inclui ainda uma outra surpresa, um conjunto de instrumentos que tocam com água, nomeadamente o carrilhão de copos de cristal e o carrilhão de garrafas entre outros.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016





Da Cruz One Man Band
36ª produção da Encerrado para Obras
Estreia no Fundão a 7 de Agosto 2015




1 homem, 17 instrumentos, um espetáculo único,
sucesso garantido em todos os eventos

video

O projeto "Da Cruz One Man Band" é a 36ª produção da Encerrado para Obras, companhia profissional itinerante de Teatro e Música, estrutura com 20 anos de existência.

Este projeto, que estreou a 7 de Agosto no Fundão, já foi entretanto apresentado com enorme sucesso em mais de duas dezenas de localidades de Norte a Sul do País.

"Da Cruz" é o pseudónimo de David Cruz, ator, músico, profissional das Artes do Espetáculo desde 1991, membro fundador e atual diretor da Encerrado para Obras.

Único Homem-orquestra tradicional no nosso país, este artista multifacetado apresenta um espetáculo surpreendente em que toca em simultâneo e em andamento um total de 17 instrumentos.

Às costas traz tambores e percussões diversas que toca com pés, cotovelos e pulsos, aos ombros um suporte com diversos instrumentos de sopro (harmónicas, kazoo, flautas) e uma guitarra que toca com mestria. Por fim a sua voz versátil, poderosa, inspirada e muito afinada não deixa ninguém indiferente.

O repertório, extremamente diversificado, (tradicional, rock, jazz, swing, blues, bossa, forró, etc.) é quase inesgotável e está sempre em constante evolução. O artista (poliglota, licenciado em Francês/Inglês, fala fluentemente 5 línguas) está muito habituado a cantar em idiomas distintos - para além das línguas latinas e inglês, já interpretou canções em dialetos africanos, ucraniano, latim, entre outros

terça-feira, 19 de maio de 2015

LUMINOSO - 35ª produção da Encerrado para Obras - estreia em Penela a 15 de Maio 2015
























LUMINOSO, 35ª produção da Encerrado para Obras, estreou em Penela na passada sexta-feira 15 de Maio.
Foi um sucesso, sem dúvida uma das melhores produções de sempre da companhia.



Sinopse
Em Luminoso o actor/músico David Cruz incarna o papel do Sr. Luminoso, um contador de histórias que é também músico, malabarista, bailarino, técnico de luz, marionetista e um bocadinho cientista.
Na Soalheira, uma mínuscula aldeia perdida na Serra, Luminoso leva uma existência pacata e feliz junto de sua companheira Maria da Luz. Mas um dia acontece uma catástrofe, o sol desaparece do céu e instala-se na Terra uma noite sem fim à vista. As plantas começam a definhar, o alimento começa a escassear, a fome, o frio, a doença, as mais profundas das desgraças tomam conta do planeta. O próprio Luminoso, de hábito sempre tão corajoso, entra em desespero ao ver partir a sua amada Maria da Luz. Luminoso vacila mas não se dá por vencido, transforma-se no “Detective Luminoso” e parte a investigar o que aconteceu ao sol. Será que o nosso herói vai conseguir evitar o previsível Apocalipse e trazer de volta a sua amada?...

Durante o espectáculo são utilizadas diversas formas de iluminação, desde as mais convencionais como projectores de teatro e filtros de cor, candeeiros, lanternas, velas, leds, e outras menos comuns nomeadamente lasers, espelhos, bolas de plasma, lâmpadas de lava, sombras chinesas, luz U.V., entre outras surpresas. O artista realiza desta forma uma verdadeira viagem ao mundo da Luz e da Cor, utilizando recursos que envolvem conceitos científicos como fluorescência, fosforescência, bioluminescência, reflexão e refracção da luz… Trata-se de um espectáculo que cruza diversas áreas artísticas, o Teatro, a arte do contador de histórias, a Música aliadas a uma forte componente visual. Sem nunca cair na tentação de ser uma aula (o actor deixa aos professores a preocupação de explicar aos alunos os conceitos por trás da experiência…), Luminoso é simultaneamente uma obra de arte e um divertimento de grande interesse pedagógico.

Ficha técnica e artística
Autoria, música original, encenação e interpretação: David Cruz


Figurinos: Cristina Cristina Camara Pestana
Dispositivo cénico e adereços: David Cruz
Desenho de luz e operação técnica de luz e som: David Cruz
Voz da Fada da Luz: Cláudia Alves
Serralharia, carpintaria, costura "el wire": Cercipenela
Apoio à montagem e serralharia: Bruno Almeida
Soldadura "el wire": Jose Carlos Reis
Cartaz e grafismo: David Cruz
Assistência de encenação: Tófê António Braga, Catarina Santana
Fotografia: Amadeu Fernandes
Registo vídeo e filme promocional: Filmes da Vila (Pedro Homem)
Produção executiva: David Cruz
Consultoria científica: Exploratório Infante D. Henrique – Centro Ciência Viva de Coimbra
Apoio à montagem: Cercipenela, Filmes da Vila
Parceria institucional e administratriva: Município de Penela, Exploratório - Centro Ciência Viva


Link para o vídeo promocional de LUMINOSO:http://youtu.be/zepyo1ly0N0

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

O Pai Natal Orquestra
34ª produção da Encerrado para Obras

Sinopse
Inspirado na figura histórica de S. Nicolau, um monge que viveu no séc III e que em tempos mais recentes deu origem à figura do Pai Natal, e tirando partido da sua personagem de Homem-Orquestra (com a qual chega a tocar uma dezena de instrumentos em simultâneo), o actor/músico David Cruz faz uma espécie de viagem musicológica ao Mundo do Natal. Trata-se de uma verdadeira volta ao Mundo, em que ficamos a conhecer a cultura musical de povos oriundos dos 5 continentes, da Lapónia a Portugal, da Rússia ao Alasca, do Brasil à Austrália, passando pela Ilha de Natal. Interpretação que alia a técnica do contador de histórias à do músico, espectáculo com muito humor, muitos instrumentos, muitas surpresas e muita interacção com o público.


Ficha técnica e artística
Dramaturgia, encenação, interpretação, concepção cenográfica, composição musical: David Cruz
Figurinos: Cristina Câmara Pestana, Marta Alves
Impressão de mapa: Gráfica J2N
Fotografia: Daniela Haudek, Pedro Homem
Grafismo e cartaz: David Cruz
Montagem técnica de luz e som: Amadeu Fernandes, Bruno Almeida, David Cruz
Operação técnica de som: Amadeu Fernandes
Desenho de luz e operação técnica de luz: David Cruz
Produção executiva: David Cruz
Apoio à montagem: Cercipenela, Filmes da Vila

Parceria institucional e administratriva: Município de Penela, Exploratório - Centro Ciência Viva

Estreia: Auditório Municipal de Penela, 12 de Dezembro 2014