Mensagens

The show must go on / O espetáculo não pode parar

Imagem
Estamos de volta às atuações ao vivo, junto do nosso querido público, após 3 meses de interrupção, devido ao cancelamento de espetáculos causado pela pandemia de COVID-19.  Apesar de estarmos a viver tempos difíceis de grande dor e confusão, aproveitamos este momento para refletir, para experimentar novas formas de apresentação dos nossos espetáculos, para reestruturar a associação e consolidar os projetos existentes, enfim, para nos fortalecermos. Esperemos que este seja apenas o primeiro de muitos espetáculos e que possamos voltar à estrada em breve para levar a nossa arte ao maior número possível de pessoas, como aliás temos feitos nestes nossos 25 anos de atividade contínua.    O nosso público saiu à rua pela primeira vez após dois meses de quarentena na  Associação Humanitária da Barosa . Esta atividade integrou o evento Estado de Excepção, uma organização do Leirena Teatro - Companhia de Teatro de Leiria.

Voltar ao mundo dos vivos

Imagem
Pela primeira vez ficámos impossibilitados d e partilhar efetivamente o nosso bem mais precioso com as pessoas, a nossa capacidade de animar, ou seja de dar vida através do conhecimento, da criatividade, da arte, da interação com o público.  A nova realidade obriga a manter grandes distâncias (de segurança) entre os artistas e o público, mas nada impede a partilha de afetos e de energia positiva dos quais todos nos alimentamos. Apesar da confusão, do medo e do cansaço crescentes, adaptámo-nos e continuámos a produzir a lheios ao facto de a nossa agenda ter sido cancelada desde meados de março até meados de julho. Emitimos alguns espetáculos através da nossa sala de ensaios,  umas vezes em direto, outras vezes mediante gravações feitas com recursos limitados, um exercício que nos permitiu continuar ativos, ensaiar muito e refinar os espetáculos, mantendo a interação possível através das redes sociais. Em maio,  integrámos a programação  digital  das salas de espetáculos de Leiria,  tran

Quarentena Aberta ao Público

Imagem
QUARENTENA ABERTA AO PÚBLICO O cancelamento de todos os espetáculos da Encerrado Para Obras entre os meses de março e junho deixou-nos numa situação financeira delicada. Porém não baixámos os braços.  No sentido de dar continuidade à nossa missão cultural, procurando unir as pessoas através da arte neste momento tão difícil, a companhia organiza a atividade QUARENTENA ABERTA AO PÚBLICO.  Até 28 de Abril apresentaremos 5 espetáculos da companhia através da internet, em direto a partir da nossa sala de ensaios, situada no rés-do-chão da nossa casa (Figueiras, Leiria). Os espetáculos serão transmitidos na nossa página do facebook, podendo ser acedidos por qualquer utilizador. A vossa participação é essencial para juntos gerarmos a boa energia necessária para continuarmos saudáveis fisicamente e mentalmente durante estes tempos de grande incerteza. Uma vez que não nos podemos tocar presencialmente, vamos tocar-nos através da arte. Para mais informações, sugestões, aquisi

2019 - A arte ao encontro das pessoas

Imagem
Este foi um ano de ouro para a companhia, com mais de 140 apresentações e 40 concelhos visitados de norte a sul do país, passando por quase todos os distritos de Portugal continental. Destacam-se ainda duas internacionalizações, em festivais em Espanha e Itália. Da Cruz One Man Band no Festival Soutopequeno na Galiza O sucesso de espetáculos como Da Cruz One Man Band (único homem-orquestra deambulante em Portugal) ou ainda  A Chiclateira tem sido crescente e é certamente um dos factos que mais tem contribuído para o desenvolvimento de parcerias, nomeadamente com os órgãos autárquicos. Para além dos espetáculos mencionados, o ano de 2019 destaca-se pela criação de três novos projetos de elevada qualidade artística: a peça de teatro Quimicomic e os projetos musicais Boldie & Cloide e Trov´Antiga . Qualquer uma destas propostas tem tido um sucesso inequívoco, pelo que irão ser mantidos em carteira permanente da companhia durante o ano de 2020.